Seguidores

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

PALHAÇO

Palhaço, tu...
... que todos julgam alegre, feliz,
também sofres, eu sei!
Igualo-me a ti,
porque quando riu,
também por vezes o meu coração chora.
Igualo-me a ti,
porque a alegria que aparento é quase sempre falsa.
Mas, se ela ao menos fosse como a tua,
quando dizes numa voz que não é real,
palavras que fazem rir as crianças,
eu deixaria de ser um traço no desenho da vida,
p'ra passar a ser palhaço!...

Deolinda de Almeida
1991



PENSEI EM TI...

Sabes, pensei em ti ontem à tardinha,
quando o sol ao longe,
nas vestes de um monge
que era a noite, se escondia.
Pensei em ti...
... enquanto o sol brilhava
brincando comigo, sorrindo,
enquanto eu cismava.
Mas anoiteceu,
o sol desapareceu,
deixando no ar dourada ilusão
e as sombras errantes
vestidas de noite
desfolham violetas
no meu coração.

Deolinda de Almeida
1991

quinta-feira, 27 de maio de 2010

VIDA E COR

Na paleta dos meus sonhos
eu coloco as cores do arco-íris.
Entre os dedos o pincel
e na tela o esboço da esperança
que se eleva ao infinito
em tons suaves e cristalinos.
As tonalidades se harmonizam
em traços firmes se diluem
deixando transparecer
auroras de sóis nascendo
em céus multicolores.
Pinto a vida que acontece
em formas coloridas
desenhadas e esculpidas
transcendentes e imortais.

Deolinda de Almeida
2010

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

GRANDEZA DE DEUS

Perante um novo amanhecer
de novo me extasiarei
diante da grandeza de Deus
olhando através da vidraça
vendo para lá do céu!...

Deolinda de Almeida
2009

domingo, 21 de junho de 2009

DEPOIS DA TEMPESTADE


Depois da tempestade, vem a bonança!...
... O céu revolvendo a terra
deposita nela a semente da esperança
e constrói outro amanhecer!...
... Os homens enfrentam o medo
que apenas existe na sua imaginação
cobrindo o corpo desnudado
alcançando a sua dimensão!

Deolinda de Almeida
2004

NAVEGAR É PRECISO

Navegar, procurando na linha do horizonte
uma resposta, uma saída, uma luz
aquela luz!…
… Nada é concreto ou definido, quando a distância
é criada dentro de nós, quando o limite, nos limita!
Não importa a duracão dos momentos
mas a intensidade com que são vividos!…

Deolinda de Almeida
2004

NO DERRADEIRO LIMIAR DA VIDA

… No derradeiro limiar da Vida
tudo se extingue e renasce
para que do novo amanhecer
outro Sol, se ponha!…
… No derradeiro limiar da Vida
mil e uma são ceifadas
para que na memória do Homem
se tornem inesquecíveis!…
… Tudo passa e se repete
no relógio do tempo
que marca e conta!…

Deolinda de Almeida
2004
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...