Seguidores

domingo, 21 de junho de 2009

DOCE INFÂNCIA



Infância, oh, doce infância!…
…Porque fugiste e me deixaste só?…
… Já lá vão tantos anos e ainda te recordo com saudade!
Foste Tu, para Mim
uma longa praia sem rochas
uma rosa sem espinhos
um céu, sem nuvens.
Quantas vezes Eu pensava em Ti
enquanto me entretinha a brincar
com as bonecas e os brinquedos que adorava.
Eras Tu, a liberdade
a felicidade que encontrava dias e dias
sem nunca me cansar
e que agora procuro e não encontro
porque Tu, já não existes!
Oh, Infância, Infância!…
… Ainda lembro o dia em que os meus olhos
se encheram de lágrimas
ao dizer-te adeus
quando partiste!

Deolinda de Almeida

1973

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...