Seguidores

sexta-feira, 8 de maio de 2009

INFINITO


INFINITO


No fundo do mar
galopo no meu cavalo
e viajo por mil estrelas.
Entre risos de sereias
numa túnica dourada
numa gruta de encantos
cubro-me com algas encantadas.
No verde do mar
no azul do céu
recordo-te!…

Deolinda de Almeida
1973

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...