Seguidores

sexta-feira, 8 de maio de 2009

A NOITE


A NOITE


Ao escurecer, tudo é diferente!
Uma bola branca surge.
Um manto escuro cobre algo que se esconde.
Um olhar precoce desponta por entre risos e choros.
Num toldo branco coberto de lágrimas
ouve-se chorar.
Numa árvore velha e carcumida
um picapau derruba um ramo que se perde.
Olho
e cruzo mil páginas do meu diário.

Deolinda de Almeida
1973

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...