Seguidores

sexta-feira, 8 de maio de 2009

VELHO LIVRO


VELHO LIVRO


No meu velho livro, perco-me.
Imagino, desfaço e realizo.
Imagino um sonho mágico
desfaço a palidez que me envolve
realizo o meu desejo.
Um horizonte em fogo
dissipa a minha visão.
Perdida por entre mil folhas
ardo sem fósforo!
Então…
… O meu velho livro percorre o meu espírito.
Ergo as mãos
e em clemência, peço perdão!

Deolinda de Almeida
1973

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...